LEONOR HIPÓLITO (1975, Lisboa)

A expressão artística de Leonor Hipólito reúne linguagens tão diversas como a joalharia, a escrita, o desenho, a escultura e a fotografia que para si se complementam refletindo perspectivas sobre a relação física, psicológica e emocional do ser humano.

Em 2009 publica o seu primeiro livro überstein no qual retrata a sua experiência como artista residente na oficina de lapidação da Universidade de Ciências Aplicadas de Trier, em Idar-Oberstein (Alemanha) e em  2012 com o livro Beyond Emotions assinala o processo transformativo que o seu trabalho atravessa conjugando poesia, joalharia e escultura num só gesto.

A sua formação em joalharia contemporânea entre 1995 e 1999 na Academia Gerrit Rietveld, Amsterdão (Holanda) e na Parson’s School of Design, Nova Iorque (USA) permitiu que desenvolvesse uma relação muito particular com a escultura que iniciara em 1994 durante uma breve passagem pelo Ar.Co –centro de arte e comunicação visual, Lisboa (Portugal).

Desde 1998 apresenta o seu trabalho em Portugal e no estrangeiro.   Bio | Exposições